Circulação
Avaré, Arandu,
Águas de Santa Bárbara,
Cerqueira César,
Iaras, Itaí, Manduri,
Paranapanema,
Piraju e Óleo
Logo-Jornal a Comarca

27

Assinatura-Jornal a Comarca

Informações Sobre assinatura

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone para contato (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Digite o código para enviar sua mensagem.Obrigado
captcha

Logo-Jornal a Comarca

Hoje é domingo , 24 de setembro de 2017 - Avaré - SP

relogio

Da Redação

O último domingo, 13, marcou o centenário de nascimento do professor Eruce Paulucci. Chamado de “O Homem Bom da Cidade”, o educador tinha como característica, além da benevolência, os reconhecidos trabalhos prestados em favor do ensino em Avaré.

Formado Pedagogia na Faculdade de Ciências e Letras de Avaré- FREA, Eruce Eruce ministrou aulas por sete anos no ‘’ Sedes Sapientiae’’ e na Escola Estadual Coronel João Cruz, onde após atuar como assistente de direção, aposentou-se. O educador casou-se com Edy Ferreira da Silva, e dessa união nasceram os três filhos: Miguel Arcanjo, Maria Cecília e Maria Vitória.

Como educador e político teve uma vasta folha de serviços prestada à comunidade, sendo participante de todas as atividades culturais e de assistência social na cidade, dedicou-se também ao entendimento do desporto, sendo um emérito esportista e foi defensor dos direitos de sua classe junto aos órgãos de governo.

LEGADO – Conhecido como “o homem bom da cidade” por sua postura cordata, generosa e por seu atendimento filantrópico, foi um respeitado educador e formador de jovens. Ele veio a falecer no dia 29 de março de 1984, deixando um legado positivo e de muito orgulho para sua família e para sua querida Avaré.

Foi vereador e teve intensa participação política ao lado da esposa Edy, que também elegeu-se para a Câmara (ver texto de Gesiel Junior nessa página sobre sua trajetória)

Em 1985, o então prefeito de Avaré, Paulo Dias Novaes, prestou homenagem ao educador com o nome da Alameda Eruce Paulucci para uma via aberta, localizada no Bairro São Luiz, que foi inaugurada durante o aniversário da cidade.

AVAREÍSMO – O filho Miguel Arcanjo seguiu a carreira na política e elegeu-se prefeito durante o período de 1993 a 1996, seguindo o legado de seu pai e tornando-se responsável por inúmeras obras de vulto, como as galerias do Largo do Mercado, o asfaltamento das vias centrais e a modernização da estrutura organizacional da Prefeitura, entre outras realizações.

O centenário de Eruce Paulucci demonstra reflexões referentes aos trabalhos, da figura, prestados para a educação e a política avareense, como legado de amor ao próximo, dedicação às causas sociais e de interesse público, além de um profundo sentimento de afeição e dedicação à Avaré, representada pelo termo “Avareísmo”.

Eruce Paulucci: o homem bom da cidade

Gesiel Junior

Sinônimo de bondade em Avaré, Eruce Paulucci figura também entre os educadores que passaram à história pelo trabalho desenvolvido em favor do ensino no município.

De ascendência italiana, o professor Eruce é filho dos imigrantes Antonieta Pizza e Angelo Paulucci, os quais se radicaram no município e ele nasceu na Fazenda Santa Elisa, onde a família se dedicava à lavoura cafeeira, há exatamente um século: no dia 13 de agosto de 1917.

Alfabetizado no 1º Grupo Escolar de Avaré, em seguida iniciou o curso ginasial em Avaré e o completou no Ginásio Diocesano Nossa Senhora de Lourdes, em Botucatu. Graduou-se no Instituto Armando Álvares Penteado, em São Paulo. Mais tarde cursou Pedagogia na Faculdade de Ciências e Letras de Avaré.

Iniciou no magistério lecionando no antigo Instituto Comercial, que depois viria a ser conhecida como Instituto de Ensino Sedes Sapientiae. Lá deu aulas por sete anos, época na qual oferecia seus proventos em favor de alunos carentes.

Ingressou no magistério estadual como professor do Instituto de Educação Cel. João Cruz, onde atuou nas décadas de 1960 e 1970 como assistente de direção.

___________________

No esporte e na política

Casou-se com a professora Edy Ferreira da Silva, de cuja união nasceram três filhos: Miguel Arcanjo, Maria Cecília e Maria Vitória. Católico, contribui nos anos 1950 para a construção da Capela de São Luiz, no bairro do mesmo nome.

Torcedor da Sociedade Esportiva Palmeiras e sócio da Associação Athletica Avareense, Eruce foi escolhido para presidir o conselho da diretoria do clube e, na mesma época, esteve entre os fundadores do São Paulo Futebol Clube, de Avaré.

Ingressou na vida pública em 1959, quando se elegeu vereador pela primeira vez, pelo Partido Social Progressista, período que desempenhou o cargo de 1º secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal.

Nos anos seguintes, embora se mantivesse ativo na política partidária, apoiou o sogro Benedito Ferreira da Silva e também a esposa Edy em eleições para o Legislativo. O primeiro foi eleito nos pleitos de 1963, 1968 e 1972, enquanto que Dona Edy elegeu-se vereadora primeiramente nas eleições municipais de 1972.

Candidatou-se a vice-prefeito em 1976, pela Aliança Renovadora Nacional (Arena), na chapa vitoriosa encabeçada por Fernando Cruz Pimentel. No mesmo pleito, Dona Edy reelegeu-se para a Câmara.

Reelegeu-se vereador em 1982, desta vez pelo Partido Democrático Social (PDS), mas não chegou a completar o mandato, vindo a falecer em 29 de março de 1984.

Para honrar a memória do educador, o prefeito Paulo Dias Novaes deu o nome de Alameda Eruce Paulucci para uma via aberta no Bairro São Luiz e a inaugurou nos festejos do aniversário da cidade, em setembro de 1985.

Miguel, o primogênito do professor Eruce e da professora Edy, seguiu os passos do pai e da mãe na política e elegeu-se prefeito para o quadriênio 1993/1996, quando modernizou a administração municipal. Nesse período o Governo do Estado denominou como Escola Estadual Professor Eruce Paulucci a unidade de ensino construída no Conjunto Habitacional Egydio Martins da Costa.

O centenário de Eruce Paulucci, portanto, suscita reflexões positivas sobre a valiosa contribuição de educadores na história política avareense, que hoje carece de bons exemplos que dignifiquem a vida pública.

 

 

25 ago 17
Voltar
Edições
Cadernão
Publicidade
Jornal A Comarca
Quer Falar com o Jornal A Comarca?

Endereço: Avenida Gilberto Filgueiras, 1402 - Avaré - SP
Cep: 18706-240

e-mail:
redacao@jornalacomarca.com.br
j.acomarca@terra.com.br
comercial@jornalacomarca.com.br

Telefones do Jornal A Comarca (14) 3733-2023 / 3733-2633

Desenvolvido por: Junqui Net