Circulação
Avaré, Arandu,
Águas de Santa Bárbara,
Cerqueira César,
Iaras, Itaí, Manduri,
Paranapanema,
Piraju e Óleo
Logo-Jornal a Comarca

27

Assinatura-Jornal a Comarca

Informações Sobre assinatura

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone para contato (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Digite o código para enviar sua mensagem.Obrigado
captcha

Logo-Jornal a Comarca

Hoje é quinta-feira , 19 de outubro de 2017 - Avaré - SP

relogio

Caso de suposta agressão em creche vira caso de polícia em Avaré

 

Da Redação

 

A suposta agressão a uma criança de dois anos, que teria ocorrido em uma creche que possui convênio com a Prefeitura de Avaré, acabou virando caso de polícia.

Segundo a denúncia da mãe, duas funcionárias teriam prendido sua filha no banheiro da unidade de ensino e a assustado. No Boletim de Ocorrência registrado no dia 22 no Plantão Policial, ela diz ainda que, através de uma ex-funcionária da creche, também ficou sabendo que, no local, seria comum a prática de assustar as crianças.

No mesmo BO, as duas funcionárias rebatem as denúncias da mãe e alegam serem elas as vítimas, uma vez que estavam no ambiente de trabalho e a mãe da criança teria chegado alterada no local, supostamente usando palavras ofensivas contra as funcionárias.

A reportagem da Comarca esteve na creche para apurar mais informações. A diretora da unidade, Cleusa Leite, refuta as denúncias realizadas pela mãe. Ela diz ainda que toda unidade é fiscalizada por câmeras de segurança. Sobre a situação de “assustar as crianças”, a diretora disse que se trata de uma atividade pedagógica de contar histórias sobre diversos personagens para os alunos.

Por telefone, a mãe da criança reiterou a denúncia e disse que está constituindo um advogado para acompanhar o caso. Segundo ela, sua filha chegou a confirmar o ocorrido e tem demonstrado que o caso afetou emocionalmente o comportamento diário da criança. A mãe diz ainda que teme represálias por parte da direção da creche em face da denúncia.

OUTRO LADO – A Prefeitura de Avaré, através da Secretaria da Educação, informou que, assim que receber ofício da mãe da criança relatando o fato ocorrido na unidade mencionada, solicitará o relatório sobre o assunto e as imagens registradas pelas câmeras durante o período de 15 dias com o objetivo de analisar a rotina no local e tomar as providências necessárias.

A Prefeitura disse ainda que os funcionários da creche não são servidores municipais, mas sim contratados diretamente pela unidade. “O vínculo entre a Prefeitura e a creche se dá através de convênio assinado anualmente, visando repasse de recursos municipais. A Prefeitura determina normas que devem ser seguidas. Periodicamente, a Secretaria da Educação realiza visitas para garantir o cumprimento destas normas. A unidade entrega para a pasta a prestação de contas mensal, com relatório das ações realizadas, devidamente assinada pelo conselho fiscal, uma vez que, por ser entidade filantrópica, possui diretoria e estatuto próprios”, conclui o comunicado.

30 nov 16
Voltar
Edições
Cadernão
Publicidade
Jornal A Comarca
Quer Falar com o Jornal A Comarca?

Endereço: Avenida Gilberto Filgueiras, 1402 - Avaré - SP
Cep: 18706-240

e-mail:
redacao@jornalacomarca.com.br
j.acomarca@terra.com.br
comercial@jornalacomarca.com.br

Telefones do Jornal A Comarca (14) 3733-2023 / 3733-2633

Desenvolvido por: Junqui Net