Circulação
Avaré, Arandu,
Águas de Santa Bárbara,
Cerqueira César,
Iaras, Itaí, Manduri,
Paranapanema,
Piraju e Óleo
Logo-Jornal a Comarca

27

Assinatura-Jornal a Comarca

Informações Sobre assinatura

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone para contato (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Digite o código para enviar sua mensagem.Obrigado
captcha

Logo-Jornal a Comarca

Hoje é quarta-feira , 18 de outubro de 2017 - Avaré - SP

relogio

Parlamentares mencionaram prejuízos ao comércio caso feira agropecuária seja realizada no mês de dezembro

Da Redação

Durante a sessão da Câmara, realizada na segunda-feira, 11, diversos vereadores se manifestaram sobre a matéria publicada pela Comarca sobre a possibilidade da Exposição Municipal Agropecuária de Avaré (Emapa) ser realizada em dezembro.

Os parlamentares destacaram os prejuízos ao comércio. “Não estão definidas as datas, mas a data que for em dezembro vai prejudicar aos comerciantes. O governo Barcheti trouxe a Emapa para setembro e não prejudicou o comerciante, pois é essa época mais lucrativa para eles”, destacou o vereador Francisco Barreto.

Barreto ainda destacou que os gastos da Festa do Peão poderiam custar cerca de R$ 1,5 milhão aos cofres do município. “São shows caros, como pode gastar cerca de R$ 1,5 milhão com festa e não ter raio-x na cidade. A gente precisa fazer uma avaliação pra ver se  está certo”. “Fampop cerca de R$ 450 mil e uma festa de peão que vai custar aproximadamente R$ 1,5 milhão? Eu não posso me calar”, completou.

FALTA DE PLANEJAMENTO – O vice-presidente do Legislativo, vereador Flávio Zandoná, também citou a falta de planejamento para a realização da festa. “Eu recebi ligações de vários comerciantes, falando da Emapa em dezembro. Toda vez que me ligarem e eu não tiver uma resposta do prefeito sobre o assunto, eu vou vir na tribuna e falar do assunto. Eu não sou contra a Emapa, mas que faça sem ser dezembro”.

Ele ainda questionou o fato das barracas de alimentos, presentes na festa serem de comerciantes de outras cidades. “Eles montam as barracas e levam nosso dinheiro embora”.

O parlamentar ainda citou a Lei 1349, de 29 de abril de 2010, do ex-vereador Luís Otávio Clivati, que inclui a festa no calendário oficial de eventos da Prefeitura em setembro. “Na época ele (Clivatti) colheu 10 mil assinaturas contra a realização da festa em dezembro. A Lei refere-se à realização da Emapa em setembro, sendo vantajoso ao comércio e munícipes”.

OUTRO LADO- Na última edição, a Secretaria de Comunicação informou à Comarca, que a realização da EMAPA ainda não está confirmada. “Se optar por realizar a EMAPA ainda em 2017, a Prefeitura de Avaré vai estudar todos os impactos provocados pela eventual decisão. No momento, o evento não existe oficialmente, tornando qualquer comentário a respeito é mera especulação política”. Segundo a nota, a decisão ainda cabe ao Executivo. “A decisão de realizar ou não um evento, compete exclusivamente ao chefe do Executivo municipal. A discricionariedade, ou seja, a liberdade administrativa do prefeito lhe permite tomar decisões, como esta, por exemplo”.

18 set 17
Voltar
Edições
Cadernão
Publicidade
Jornal A Comarca
Quer Falar com o Jornal A Comarca?

Endereço: Avenida Gilberto Filgueiras, 1402 - Avaré - SP
Cep: 18706-240

e-mail:
redacao@jornalacomarca.com.br
j.acomarca@terra.com.br
comercial@jornalacomarca.com.br

Telefones do Jornal A Comarca (14) 3733-2023 / 3733-2633

Desenvolvido por: Junqui Net