Circulação
Avaré, Arandu,
Águas de Santa Bárbara,
Cerqueira César,
Iaras, Itaí, Manduri,
Paranapanema,
Piraju e Óleo
Logo-Jornal a Comarca

28

Assinatura-Jornal a Comarca

Informações Sobre assinatura

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone para contato (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Digite o código para enviar sua mensagem.Obrigado
captcha

Logo-Jornal a Comarca

Hoje é terça-feira , 19 de junho de 2018 - Avaré - SP

relogio

Lideranças lamentam ida de evento da ABQM para Londrina

Da Redação

Diante da intensa repercussão negativa da mudança do Campeonato Nacional do Cavalo Quarto de Milha, organizado pela ABQM – Associação Brasileira dos Criadores de Quarto de Milha, de Avaré para londrina (PR), a Comarca buscou opiniões de algumas autoridades sobre a perda do evento.
Em nota assinada pelo presidente Cassio Jamil Ferreira, a Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Avaré (Acia), lamentou o ocorrido e destacou que recebeu de forma impactante a notícia da decisão judicial da proibição de algumas provas da ABQM, “pois sendo sempre uma entidade presente nos eventos quartistas, pode atestar quanto à preocupação e cuidados para com os animais presentes”.
A entidade informa ainda que, junto de sua diretoria, vem realizando ações diretas pela valorização do Evento na cidade e fomento do turismo de agronegócio. O texto informa ainda que uma das principais ações foi a criação do grupo formado por empresários os “Amigos da Emapa”, “que desde então realiza reuniões semanais para traçar metas com ações concretas de atendimento aos anseios dos quartistas e dos turistas de agronegócio que visitam Avaré”.
PAPEL SOCIAL – Ainda na nota, a “Acia reafirma sua parceria com essa tão importante fonte geradora de empregos e arrecadações, além de reconhecer o papel social que a ABQM sempre teve com nosso município e assumimos o compromisso de lutar junto para que essa perda seja apenas momentânea e que possamos voltar a ser a Casa do Quartista em todos seus eventos”. (confira no Box as ações da Acia em favor da ABQM)
AUTOCRÍTICA – Já o empresário Cláudio Salomão, mantenedor da Faculdade Eduvale de Avaré, disse que o “momento é de reflexão, para avaliarmos os erros repetidas vezes cometidos e apresentar novas propostas para resgate do evento em Avaré! ”. Em sua rede social, ele acrescenta que “a liminar é apenas um pretexto. De há muito vinham tentando ir para outra cidade. A questão vai muito além dessa ordem judicial. Humildade e autocrítica, a ser exercida por todos os setores da sociedade! Quem sabe consigamos, um dia, trazê-los de volta, movimentando nossos hotéis, restaurantes, mercados, postos de combustível, farmácias, comércio local etc …Reciprocidade … essa é a palavra”.

Ações realizadas pela ACIA para atender as necessidades dos quartistas que visitam Avaré no Período da ABQM:

• Criação da Associação Amigos da EMAPA;
• Reuniões semanais pautadas nas ações de melhorias;
• Envolvimento da ACIA – Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Avaré;
• Reforma dos sanitários já existentes no Parque. (com recursos dos Amigos da EMAPA);
• Construção de três novos sanitários: um em cada pista coberta. (com recursos dos Amigos da EMAPA);
• O PRIMEIRO SANITÁRIO NA PISTA 3. (com recursos dos Amigos da EMAPA);
• Contato direto dos Amigos da EMAPA com a imprensa local, numa forma de desmistificar factóides e esclarecer fatos;
• Aproximar a imprensa local como uma fomentadora de ideias e sugestões de melhorias para atender as necessidades quartistas e melhorar ao atendimento dos turistas de agronegócio que visitam Avaré;
• Criação de folder Guia Prático com os segmentos de maior procura pelos quartistas;
• Plantão de Informações da ACIA junto a ABQM para atender aos quartistas;
• Reunião específica com a rede hoteleira;
• Cadastramento da rede hoteleira junto ao site da ABQM.
• Levantamento da quantidade de leitos em Avaré.
• Contato com as Colônias de Férias de categorias para abertura de hospedagem aos quartistas, aumentando a possibilidade de leitos.

E a e mais importante ação no momento: ACIA esta elaborando, por meio do seu corpo jurídico, o estudo de uma medida legal para reverter a decisão judicial que proibiu a realização de algumas provas, ocasionando a saída do evento da cidade.

08 jun 18
Voltar
Edições
Cadernão
Publicidade
Jornal A Comarca
Quer Falar com o Jornal A Comarca?

Endereço: Avenida Gilberto Filgueiras, 1402 - Avaré - SP
Cep: 18706-240

e-mail:
redacao@jornalacomarca.com.br
j.acomarca@terra.com.br
comercial@jornalacomarca.com.br

Telefones do Jornal A Comarca (14) 3733-2023 / 3733-2633

Desenvolvido por: Junqui Net