Circulação
Avaré, Arandu,
Águas de Santa Bárbara,
Cerqueira César,
Iaras, Itaí, Manduri,
Paranapanema,
Piraju e Óleo
Logo-Jornal a Comarca

28

Assinatura-Jornal a Comarca
Logo-Jornal a Comarca

Hoje é quinta-feira , 20 de setembro de 2018 - Avaré - SP

relogio

Profissional fala sobre compulsão por alimentação saudável

Da Redação

As campanhas sobre alimentação saudável vêm tomando um amplo espaço nas redes sociais, nas academias, escolas e demais veículos de comunicação. De acordo com especialistas, manter uma dieta balanceada é fundamental para o funcionamento do organismo, deixando-o menos vulnerável à contração de doenças infecciosas. Mas o que muita gente não sabe, é que a compulsão por alimentação saudável pode virar um transtorno e o efeito pode ser reverso. Neste contexto, em comemoração ao Dia do Nutricionista, o Jornal A Comarca preparou uma reportagem especial sobre os riscos da ortorexia nervosa com o profissional e especialista em Nutrição e Metabolismo aplicado à atividade motora, Ivo Bernardes.

Segundo o nutricionista, “o sentimento excessivo de culpa ao ingerir determinado alimento que está fora do cardápio cotidiano pode ser sinônimo de alerta: Tal ato se configura em um dos primeiros sintomas da ortorexia nervosa”, alerta. Ele explica que o distúrbio também é conhecido como “transtorno de comer saudável”, e é quase como uma anorexia nervosa, mas com algumas distinções. “O indivíduo com o transtorno tem obsessão pela sua escolha alimentar, sendo extremamente rígido consigo mesmo a respeito dos alimentos que consome. Esse transtorno tem sido mostrado na literatura científica atual, mas ainda não é oficializado pelo DSM (Manual de Diagnóstico Estatístico de Transtornos Mentais), pois ainda faltam estudos que determinem um critério de diagnóstico”.

O especialista também pontua que o transtorno traz à pessoa grandes prejuízos nos ambitos sociais, laborais, fisiológicos e psicológicos. “É alguém que gasta mais de 3 horas pensando em comer; que se sente muito culpado quando comete alguma transgressão; que pode deixar de ter vínculos sociais por causa de comida; e até desenvolver doenças nutricionais devido a sua obsessão.

E assim, como outros distúrbios, a ortorexia também precisa ser tratada, e de preferência, com a ajuda de profissionais como psicólogos, nutricionistas e psiquiatras. “Por isso, antes de fazer uma dieta, é de fundamental importância a consulta com um nutricionista. Dessa forma, o profissional fomentará um cardápio adequado, com as porções corretas a serem ingeridas”, finalizou.

06 set 18
Voltar
Edição
Cadernão
Jornal A Comarca
Quer Falar com o Jornal A Comarca?

Endereço: Avenida Gilberto Filgueiras, 1402 - Avaré - SP
Cep: 18706-240

e-mail:
redacao@jornalacomarca.com.br
j.acomarca@terra.com.br
comercial@jornalacomarca.com.br

Telefones do Jornal A Comarca (14) 3733-2023 / 3733-2633

Desenvolvido por: Junqui Net